sábado, 24 de dezembro de 2011

A promessa...

Gn. 3.15 “E porei inimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a sua semente, esta te ferirá a cabaça, e tu lhe ferirás o calcanhar.”
            Logo após a queda do homem através do pecado, vemos a primeira promessa Messiânica. Deus promete que da semente da mulher virá o Redentor.

Dt. 18. 18 “Eis que suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que lhe ordenar.”
            Para os judeus nenhum profeta era maior do que Moisés, pois através dele Deus havia lhes dado a lei. Mas também sabiam que Deus lhes enviaria outro profeta. Moisés transmitiu o antigo conserto, Jesus trouxe-nos o novo conserto. “Porque a lei foi dada por Moisés, a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo” Jo 1.17

Is. 9.6 “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre seus ombros, e o seu nome será Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz."
            Este texto poético revela os mais belos atributos do Messias:
            Maravilhoso Conselheiro – Ele é a Palavra viva, a fonte infalível de orientação, a sabedoria inesgotável, a Verdade e o Caminho;
            Deus Forte – O Todo-poderoso, O Senhor é o Herói do seu povo, que triunfou sobre o pecado e a morte.
            Pai da Eternidade – revela sua onipresença e onipotência;
            Príncipe da Paz – Jesus é o único meio/caminho de se encontrar paz.

Is. 7.14 “Portanto, o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel.”
            Embora alguns céticos duvidam do nascimento virginal do messias, pois a palavra hebraica (‘almãh) usada no texto de Isaias pode se referir tanto para mulher virgem como para mulher jovem. Porém o cumprimento desta profecia é indiscutível, pois Mateus e Lucas fazem uso da palavra grega parthenos, a qual definitivamente significa virgem. Mt 1.23/ Lc 1.27

Mq. 5.2 “E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será Senhor em Israel, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.”
            Belém significa “Casa do Pão”, e na “Casa do Pão” o Pão da Vida nasceu. “E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida, aquele que vem a mim não terá fome.” Jo 6.35 ver também Jo 6.48

Zc. 9.9 “Alegra-te muito, ó filha de Sião, exulta, ó filha de Jerusalém, eis que o teu rei virá a ti, justo e Salvador, pobre e montado sobre um jumento, sobre um asninho, filho de jumenta.”
            Enquanto os judeus esperavam um rei conquistador para livrá-los do domínio romano, vemos um Rabi humilde montado em um jumentinho. Mt 21. 1-11 / Mc 11.1-1 / Lc 19.28-4 / Jo 12.12-19

            Podemos ver através da Palavra de Deus as muitas profecias do AT nos revelam que o Messias viria. No NT vemos seu cumprimento (Mt 1.18-25/ Lc 2.1-7), e graças a infinita misericórdia de Deus (Lm 3.22) ele nos enviou seu Filho amado para salvar o que se havia perdido (Mt 18.11).

            Neste Natal não façamos como a humanidade consumidora que se preocupa com presentes, festa, luminosidade, e esquece-se do verdadeiro homenageado: JESUS.


Em Cristo,
André Gonçalves.


Bibliografia:
Plenitude – Bíblia de Estudo – SBB.
Palavras-Chave – Bíblia de Estudo – CPAD.

2 comentários:

Antonio Batalha disse...

É para mim uma grande alegria, acessar ao seu blog e ver o que escreve, continue a ser uma benção, e a escrever sempre mensagens de amor e esperança e de edificação, aproveito a convidar para fazer parte de meus amigos virtuais na Verdade Que Liberta. Mas queria pedir-lhe que siga de forma a eu poder seguir também seu blog. Deixo um faterno abraço e um desejo de um Ano Novo cheio de graça amor e paz, e que se possa lembrar sempre que o próximo precisa de si.

André Gonçalves disse...

Graça e paz!

Uma satisfação recebê-lo neste espaço irmão Antônio.
Grato pelas palavras de incentivo a mim dirigidas.


Na paz de Cristo,
André Gonçalves.

Related Posts with Thumbnails