segunda-feira, 14 de junho de 2010

O Respaldo de Deus aos pregadores da Palavra.


"Eles, entretanto, se demoraram ali por muito tempo, falando ousadamente acerca do Senhor, o qual dava testemunho à palavra da sua graça" Atos 14.3a

Quando um pregador toma como propósito pregar a Palavra do Senhor de forma verdadeira, expondo as verdades das Escrituras aos ouvintes, isto infelizmente não agrada a todos. Existem malabaristas nos púlpitos onde o foco principal é o entretenimento, e não o compromisso com as Sagradas Escrituras e com Deus.

Muitas pessoas com carência de instrução e falta de discernimento, não conseguem usufruir das bênçãos de Deus, pois foram acostumadas a temer o Senhor de forma treinada, ou instruída, apenas o adorando com os lábios, mas seus corações estão longe de Deus. Isaías 29.13

Não existe maior referência para a vida de um seguidor de Cristo, do que a Palavra de Deus. É ela que nos instrui todos os dias acerca de assuntos relativos a nossa fé, e vida prática.

Infelizmente os exemplos que a Palavra nos deixa, não são vistos de boa forma. As aflições dos servos do Senhor, que a Palavra nos trás, não servem de nada em um mundo onde a mensagem é possuir, adquirir e ser, esquecendo que os exemplos dos servos do Senhor, que a Palavra nos deixou, foram essenciais para uma vida de santificação contínua.

Você pode não compreender as lutas que sobrevêm sobre sua vida, mas são elas que fazem do crente uma pessoa que se firma com Deus a cada dia, estreitando o seu relacionamento com Ele, sendo cheio do Seu Espírito para viver uma vida de testemunho e louvor.
Há uma falsa interpretação quanto a ser cheio de poder de Deus. Movimentos malabarísticos não afirmam em nada que determinada pessoa possuiu o Espírito Santo. Veja que os apóstolos eram cheios do Espírito Santo, e pregavam a Palavra com ousadia, ou seja, sem temer as adversidades, e Deus confirmava a pregação com sinais e prodígios.

Pedro e João não usaram de métodos espalhafatosos para curar o paralítico que estava assentado a porta do templo, não tinham riquezas alguma, nem apresentavam-se como celebridades, mas o que eles tinham era maior e mais poderoso do todos os reinos e riquezas da terra, Jesus Cristo.

Se você tem procurado meditar na Palavra, e expor as verdades contidas nela, continue com este propósito. O Senhor honra aqueles que tem compromisso com Ele e sua Palavra, respaldando-nos com seu poder e graça vindos do céu.

Medite Atos 14. Deus os abençoe!

Em Cristo,
André Gonçalves.

Um comentário:

PR. RODRIGO CARVELLY disse...

MUITO BOAS AS MENSAGENS!!!
PARABÉNS!!!

Related Posts with Thumbnails